Petrobras divulga reajuste no preço dos combustíveis. Novos valores passam a vigorar a partir deste sábado, 18

A estatal reajustará 5,2% do preço da gasolina e 14,2% do diesel para as distribuidoras.

Neste sexta-feira, 17, a Petrobras anunciou novos reajustes no preço dos combustíveis. A estatal reajustará 5,2% do preço da gasolina e 14,2% do diesel para as distribuidoras, o que consequentemente irá impactar no valor final para os consumidores. Os novos valores passam a valer a partir deste sábado (18).

O preço médio da venda de gasolina para as distribuidoras passará de R$ 3,86 para R$ 4,06 por litro. No caso do diesel, o preço médio subirá de R$ 4,91 para R$ 5,61 por litro. O último reajuste da gasolina tinha sido há 99 dias, enquanto a do diesel ocorreu 39 dias atrás.

Além disso, o gás liquefeito de petróleo (GLP), o gás de cozinha, não sofreu mudanças. Em nota, a Petrobras disse que busca sempre o equilíbrio dos preços com o mercado global.

“Esse posicionamento permitiu à Petrobras manter preços de GLP estáveis por até 152 dias; de diesel por até 84 dias; e de gasolina por até 99 dias. Esta prática não é comum a outros fornecedores que atuam no mercado brasileiro que ajustam seus preços com maior frequência, tampouco as maiores empresas internacionais que ajustam seus preços até diariamente”.

O Projeto de Lei Complementar (PLP) 18/2022, que limita a aplicação de alíquota do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) sobre combustíveis, teve sua votação concluída pela Câmera de Deputados na última quarta-feira, 15.

A ação visa diminuir o preço dos combustíveis para os consumidores, mas os aumentos da Petrobras podem interferir e anular os efeitos dessa desoneração.

Vale lembrar que o preço final ao consumidor, nas bombas dos postos leva em conta outros diversos fatores, como acréscimos dos revendedores e também alguns impostos.

Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil