Confiança sai na frente, sofre a virada e perde para o Campinense no Batistão; Felipe pede demissão após novo revés

Parecia ser a partida perfeita, mas o Confiança foi derrotado mais uma vez. Na tarde/noite deste sábado, 18, o Dragão do Bairro Industrial enfrentou a equipe do Campinense, pela 11ª rodada da Série C, e saiu derrotada, de virada, pelo placar de 3 a 2. Ítalo (de pênalti) e Tcharlles marcaram para a equipe azulina, enquanto Pedro Vitor, Pedro Henrique e Dione balançaram as redes para o rubro-negro da Paraíba.

O primeiro tempo foi de domínio amplo da equipe da casa. Com mais organização e vontade que o adversário, a equipe do treinador Felipe Maestro desempenhou aquele que talvez tenha sido a melhor etapa inicial da equipe na competição. Abriu o placar com Ítalo, em penalidade sofrida por Tcharlles, e ampliou o marcador justamente com o camisa nove, após ótima jogada de Carlos Eduardo.

A vontade e o controle do jogo, no entanto, só duraram 45 minutos. A solidez defensa do Dragão ficou no vestiário, e o Campinense, após as boas mudanças do treinador Ranielle Ribeiro, foi outro na segunda etapa. Com as entradas fundamentais de Pedro Henrique, Hugo Freitas e Juninho, a Raposa foi ao ataque e não encontrou muitas dificuldades para virar o placar. Em apenas 11 minutos, os visitantes viraram o placar e jogaram um balde de água fria na Arena Batistão.

Felipe pede demissão

Em mais um jogo que sua equipe mostrou bastante dificuldade ofensiva, o treinador não resistiu e pediu o desligamento após o término do embate, conforme informado pelo clube. Apesar do bom primeiro tempo, o Confiança sofreu com as dificuldades de sempre: uma equipe desbalanceada, com pouca criatividade no ataque e que não conseguiu controlar a partida como deveria.

Restando oito jogos pela frente, a equipe azulina segue com o pior ataque da Série C, agora ao lado de Floresta-CE e Atlético Cearense. A defesa, um dos pontos de equilíbrio deste time, deixou muito a desejar – principalmente o goleiro Ewerton -, e o Gigante Operário, apesar de não ser um time que sofre muitos gols, terá ainda mais trabalho pela frente se quiser se manter na terceira divisão do Brasileiro.

Tabela

O Confiança é o 18º colocado, com 10 pontos conquistados, mesma pontuação do Altos-PI, primeiro time fora da zona, mas com uma partida a menos. Se tivesse vencido, teria pulado para o meio da tabela e ficaria em posição bastante confortável, inclusive próximo aos primeiros times dentro do G-8.

Agenda

O Dragão volta a campo no próximo sábado, 25, quando enfrenta o ABC, um dos melhores times da competição – vice-líder no momento. A partida será realizada no Estádio Frasqueirão, a partir das 17h.

Foto: Mikael Machado/AD Confiança