Mulher é esfaqueada até a morte na frente dos filhos em Lagarto e o seu cunhado é o principal suspeito

Conforme relatos passados à Polícia Militar, a vítima tentava defender a irmã no momento do crime.

Na noite da última segunda-feira, 20, uma mulher foi esfaqueada até a morte na zona rural de Lagarto, no Centro-sul de Sergipe, na frente de seus filhos. O seu cunhado é o principal suspeito do crime; ele está foragido.

A vítima foi identificada como Edilene Maria dos Santos, 31, e conforme relatos passados por testemunhas à Polícia Militar, ela tentava impedir que o cunhado levasse a sua irmã à força, visto que os dois estavam separados e a irmã de Edilene não queria mais conviver com o suspeito. O crime ocorreu na frente da casa da vítima.

Ao tentar defender a irmã, Edilene foi atingida por golpes de faca e tudo ocorreu na frente dos seus filhos, que ficaram desesperados, sem entender o que estava acontecendo e caíram no choro, ao verem a mãe perdendo a vida.

Edilene morreu no local, antes mesmo de ser socorrida. O crime bárbaro chocou, revoltou e entristeceu quem presenciou. O suspeito conseguiu fugir e até o momento segue foragido; a Polícia Civil de Lagarto assumiu as investigações.

Foto: arquivo pessoal