Conselho da Petrobras aprova Caio Paes de Andrade como novo presidente da estatal

Andrade vem da Secretaria Especial de Desburocratização, Gestão e Governo Digital do Ministério da Economia e é membro do Conselho de Administração da Embrapa e da PPSA.

Nesta segunda-feira, 27, o Conselho de Administração da Petrobras aprovou Caio Mario Paes de Andrade como presidente e novo integrante do órgão. Ele irá substituir Fernando Assumpção Borges, presidente interino desde o dia 20 de junho, quando substituiu o até então presidente José Mauro Coelho Ferreira – que não completou nem um mês a frente da Petrobras.

Andrade foi indicado para o cargo pelo governo federal em maio deste ano. A votação, que teve início às 11h, contou com sete votos a favor e três contra. O novo presidente ocupará o cargo de conselheiro interinamente até a próxima Assembleia Geral Extraordinária de acionistas da estatal – nela, seu nome será avaliado para cargo definitivo.

Caio Paes de Andrade tem formação em Comunicação Social pela Universidade Paulista, pós-graduação em Administração e Gestão pela Harvard University e é Mestre em Administração de Empresas pela Duke University. Ele vem da Secretaria Especial de Desburocratização, Gestão e Governo Digital do Ministério da Economia, onde ficou responsável pelo site Gov.br.

Em 2019, Andrade atuou na presidência do Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro). Ainda, é também membro do Conselho de Administração da Embrapa e da PPSA (Pré-Sal Petróleo S.A).

De acordo com Sérgio Araújo, presidente da Associação Brasileira dos Importadores de Combustíveis (Abicom), em entrevista à CNN, a eleição de Caio de Andrade não deve implicar em mudanças na política de preços da Petrobras.

“A Petrobras é uma empresa muito grande, e precisa realmente ter um líder, um presidente. Quanto mais tempo fica nessa condição de interinidade, pior, mas não acredito que vá fazer uma mudança na política de preços”, afirmou.

Foto: Divulgação/Serpro