ESPERANÇA: idoso de 66 anos é declarado curado do HIV, após receber células-tronco para tratar leucemia

O paciente, que não quis ser identificado foi apelidado como “Cidade da Esperança” e vivia com o vírus há 30 anos.

Notícia de esperança à medicina e ciência: um idoso de 66 anos foi declarado curado do HIV, após receber células-tronco para tratamento de uma leucemia. A informação da cura foi anunciada pela equipe médica que atendeu o paciente.

O paciente, que não quis ser identificado foi apelidado como “Cidade da Esperança”. Ele realizou o procedimento numa instituição da Califórnia, nos Estados Unidos e vivia com o vírus há mais de 30 anos.

Para o transplante com células-tronco, os médicos buscaram um doador que fosse resistente ao vírus que causa a Aids, um mecanismo que funcionou primeiramente na cura do chamado “Paciente de Berlim”, Timothy Ray Brown, em 2007.

O idoso de 66 anos é o quarto caso de cura, por meio desse procedimento, sendo que ele é o paciente mais velho a passar pelo transplante. Ele vivia com o vírus desde 1988 e viu muitos amigos “partirem”.

A cura do idoso acende mais um sinal de esperança, principalmente, no caso de pessoas mais velhas diagnosticadas com o vírus.

Informações e foto divulgadas pela Reuters