Após aprovação na Câmara e Senado, lei do piso salarial da enfermagem é sancionada pelo presidente Bolsonaro

Foi sancionado o piso de R$ 4.750,00 para enfermeiros, técnicos de enfermagem receberão R$ 3.325,00, e os auxiliares e parteiras, R$ 2.375,00.

Há exatos dois meses da aprovação na Câmara dos Deputados, o presidente Jair Bolsonaro (PL) sancionou a lei que fixa o piso salarial dos profissionais da enfermagem no Brasil: enfermeiros, técnicos, auxiliares e parteiras.

Foi sancionado o piso de R$ 4.750,00 para enfermeiros, técnicos de enfermagem receberão R$ 3.325,00, e os auxiliares e parteiras, R$ 2.375,00. A sanção foi comemorada pelos profissionais das quatro categorias da enfermagem.

“Sancionamos, hoje, a lei que estabelece o piso salarial para profissionais de Enfermagem. Além do trabalho exaustivo, por vezes, são eles, depois de Deus, a nossa maior companhia na solidão da enfermidade. É um grande passo para que alcancem o lugar de destaque que merecem”, enfatizou Bolsonaro, em suas redes sociais.

O piso salarial entra em vigor imediatamente após a publicação, sendo assegurada a manutenção das remunerações e salários vigentes superiores ao piso.

Foto: Pedro Ladeira/Folhapress