Saúde Legal

Sofrer por antecipação pode causar mais sofrimento do que a depressão

Qualidade de vida é afetada com o excesso de ansiedade.
por Saúde Legal
07/01/2014 10:45h

Sofrer por antecipação pode causar mais sofrimento do que a depressãoA ansiedade já é considerada como um dos maiores males do século. Para alguns, sofrer por antecipação já se tornou um problema constante, afetando seu sono, produtividade, relacionamentos e a qualidade de vida no geral.

De acordo com o psiquiatra e psicoterapeuta, Augusto Cury, sofrer por antecipação pode gerar sofrimento maior do que a depressão. Segundo ele, sinais como se preocupar demais com coisas banais que ainda não aconteceram, acordar sempre cansado, não tolerar lidar com pessoas lentas, apresentar dores de cabeça ou musculares constantes ou esquecer-se das coisas com facilidade, são alguns dos sinais de quem sofre por antecipação.

As pessoas que sofrem por antecipação costumam traçar um roteiro mental pessimista, sobre um fato ou situação, e sofre como se não existisse nenhuma possibilidade de que dê tudo certo. Elas imaginam um cenário completo, e acabam vivendo esse cenário em suas mentes, como se fosse real. No final, acabam sofrendo com algo que talvez nunca aconteça, nem próximo do imaginado.

O psiquiatra Cury aponta que o excesso de informação, o uso de smartphones e games, de trabalho intelectual e de atividades diárias estimulam fenômenos cerebrais e inconscientes que acessam a memória com uma velocidade nunca vista. O pensamento rápido demais e sem gerenciamento gera a ansiedade e o sofrimento por antecipação. Com isso, a emoção perde em qualidade, estabilidade e profundidade.

É claro que antecipar nem sempre é ruim. A vida exige que nos organizemos para os próximos passos, contudo na medida certa. E no caso da possibilidade de dar tudo errado, sempre há uma alternativa positiva, e essa sim é quem deve ser trabalhada e seguida. Caso contrário, o ser humano acaba se tornando prisioneiro de suas próprias ideias, e a solução não poderá vir de um comprimido, e sim apenas de sua força de vontade em seguir em frente com positivismo. Gerenciar melhor tempo, se desapegar um pouco mais da "dependência tecnológica" e "vício das redes sociais", respirar antes de pensar ou falar e praticar atividades físicas também ajuda no controle da ansiedade.

Se você sofre por antecipação e ansiedade, consulte o psicólogo. É incrível como as pessoas ainda têm preconceito ou receio em procurar esse profissional. Ir a um psicólogo é tão normal quanto ir a um dentista ou médico.

Jeferson Machado Santos.CRF-SE: 658.

Farmacêutico pela Universidade Federal de Sergipe - UFS.Habilitação em Bioquímica Clínica pela Universidade Federal de Sergipe - UFS.Especialista em Administração de Empresas pela FIJ-RJ.Especialista em Farmacologia e Interações Medicamentosas pela Uninter-IBPEX.

Gostou? Compartilhe:

Comente Abaixo