Economia

Bancários de Sergipe aprovam greve por tempo indeterminado para o dia 30

No próximo dia 29, haverá outra assembleia para organização do movimento.
por Redação do Portal Itnet
26/09/2014 13:41h

Os bancários do Estado de Sergipe aprovaram greve por tempo indeterminado a partir do dia 30 deste mês. No próximo dia 29, haverá outra assembleia para organização do movimento.

A proposta apresentada pela Fenaban (Federação Nacional dos Bancos), que prevê reajuste de 7% sobre todas as verbas salariais e 7,5% para o piso salarial, foi considerada insuficiente. Os bancários querem 12,5%.

Principais reivindicações dos bancários:

- Reajuste salarial de 12,5%.

- PLR: três salários mais parcela adicional de R$ 6.247.- 14º salário.- Vales alimentação, refeição, cesta-alimentação, 13ª cesta e auxílio-creche/babá: R$ 724 ao mês para cada (salário mínimo nacional).- Gratificação de caixa: R$ 1.042,74.- Gratificação de função: 70% do salário do cargo efetivo.- Vale-cultura: R$ 112,50 para todos.

Proposta apresentada pelos bancos

Reajuste de 7% (0,61% de aumento real).

Piso portaria após 90 dias - 1.235,14 (7,5% ou 1,08% de aumento real).

Piso escritório após 90 dias - R$ 1.771,73 (1,08% acima da inflação).

Piso caixa/tesouraria após 90 dias - R$ 2.393,33 (salário mais gratificação mais outras verbas de caixa), significando 1,08% de aumento real).

PLR regra básica - 90% do salário mais R$ 1.812,58, limitado a R$ 9.723,61. Se o total ficar abaixo de 5% do lucro líquido, salta para 2,2 salários, com teto de R$ 21.391,93.PLR parcela adicional - 2,2% do lucro líquido dividido linearmente para todos, limitado a R$ 3.625,16.

Antecipação da PLR: Primeira parcela depositada até dez dias após assinatura da Convenção Coletiva e a segunda até 2 de março de 2015.

Regra básica - 54% do salário mais fixo de R$ 1.087,55, limitado a R$ 5.834,16 e ao teto de 12,8% do lucro líquido - o que ocorrer primeiro.

Parcela adicional - 2,2% do lucro líquido do primeiro semestre de 2014, limitado a R$ 1.812,58Auxílio-refeição - R$ 24,14.

Auxílio-cesta alimentação e 13ª cesta - R$ 425,20.

Auxílio-creche/babá (filhos até 71 meses) - R$ 353,86.

Auxílio-creche/babá (filhos até 83 meses) - R$ 302,71.

Gratificação de compensador de cheques - R$ 137,52.

Requalificação profissional - R$ 1.210,04.

Auxílio-funeral - R$ 811,92.

Indenização por morte ou incapacidade decorrente de assalto - R$ 121.072,92.

Ajuda deslocamento noturno - R$ 84,75.

Fonte: Sindicato dos Bancários de Sergipe.

Gostou? Compartilhe:

Comente Abaixo