Opinião

Fibra óptica: Nossa Senhora da Glória será a primeira cidade digital de Sergipe.

12 anos depois do primeira acesso, Glória será cidade Digital, com 14 Km de Fibra, do governo.
por Redação do Portal Itnet
12/12/2014 16:35h
Atualizado em 12/12/2014 16:38h

Em 7 de setembro de 2002, a Itnet transformava Nossa senhora da Glória na primeira cidade do sertão a possuir internet, mais comunicação, mais tecnologia, mais cultura.

12 anos depois, Glória se transformará na primeira cidade de Sergipe se tornar uma cidade completamente digital. Isso levará ainda mais comunicação, mais tecnologia e muita cultura para o sertão.

O governo federal investirá milhões de reais para fazer a cidade receber info-vias que fomentará empresas, industrias, universidades, além de criar um ambiente governamental preparado para o cidadão.

O governo municipal poderá oferecer marcação de fichassem qualquer ambiente, cobrar iptu, criar um cenário bem favorável a vida do cidadão.

Além disso tudo, construir pontos quentes de internet, iluminando as praças, setores educacionais, e muito mais, em resumo, Gloria estará preparada para os próximo 100 anos.

E as outras cidades? Terão que aguardar a consciência e o interesse dos seus administradores, que na maioria levaram o tempo em desviar recursos e construir patrimônios, para ele ou para seus amigos.

Jamyson Machado, Cidadão de Glória também.

O que é a cidade digital?

O objetivo do programa é modernizar a gestão, ampliar o acesso aos serviços públicos e promover o desenvolvimento dos municípios brasileiros por meio da tecnologia. Para isso, atua nas seguintes frentes:

- Construção de redes de fibra óptica que interligam os órgãos públicos locais;

- Disponibilização de aplicativos de governo eletrônico para as prefeituras, nas áreas financeira, tributária, de saúde e educação;

- Capacitação de servidores municipais para uso e gestão da rede;

- Oferta de pontos de acesso à internet para uso livre e gratuito em espaços públicos de grande circulação, como praças, parques e rodoviárias.

As cidades que recebem essa estrutura são selecionadas por meio de edital. Em 2012, o Ministério das Comunicações abriu a primeira seleção para o projeto-piloto, em que 80 municípios foram contemplados. Em 2013, o Cidades Digitais foi incluído no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) do Governo Federal, selecionando 262 municípios com população de até 50 mil habitantes.

O projeto conta, entre outros, com a parceria do Ministério do Planejamento, da Telebras, do Inmetro e do BNDES.

A ação é gerenciada pela Secretaria de Inclusão Digital.

Gostou? Compartilhe:

Comente Abaixo