Internacional

Após causar transtorno em bar e propor sexo oral aos clientes, americana tentou subornar policial e foi presa

Para deixar a prisão fiança equivalente a R$ 18,8 mil teve que ser paga
por Redação do Portal Itnet
06/04/2015 10:45h

Beatrize Carrion-Moore subornou policial oferecendo sexo oral para não ser presa

(Foto: Palm Beach County Jail)

Por Iane Gois

EUA: Uma americana de 23 anos identificada como Beatrize Carrion-Moore foi presa em West Palm Beach, na Flórida, após chutar um policial na virilha e, em seguida, suborná-lo oferecendo sexo oral para que não fosse presa.

A polícia foi acionada após Beatrize causar transtornos em um bar e se recusar a deixar o local, no qual também teria proposto sexo oral aos clientes.

A "proposta indecente", filmada por uma câmera instalada na viatura, custou caro e a americana só foi posta em liberdade após o pagamento de US$ 6 mil de fiança, o equivalente a R$ 18,8 mil.

 

Gostou? Compartilhe:

Comente Abaixo