Economia

Não é só no Brasil: Inflação também cresce em vizinhos sul-americanos

A inflação acumulada no Brasil nos últimos 12 meses foi de 9,53%, segundo dados divulgados nesta quinta-feira pelo IBGE. E o país está longe de ser o único da região com problemas para controlar seus preços.
por Redação do Portal Itnet
13/09/2015 07:35h

No ranking das maiores inflações da região, segundo um levantamento feito a pedido da BBC Brasil pela economista do Santander, Tatiana Pinheiro, o Brasil ainda está atrás da Venezuela e da Argentina e muito próximo ao Uruguai.

Na Argentina, a inflação acumulada no período é de 13,3%, segundo índices oficiais (que muitos analistas consideram ser subestimados). E na Venezuela, a líder do ranking, a alta de preços ficou em 68,5% no ano passado.

Desde então, o governo venezuelano parou de divulgar os índices de preços mensais do país. "Mas sabemos que os preços lá estão acelerando, então é razoável pensar que a inflação tenha superado os 70%", diz Pinheiro.

No Uruguai, a alta de preços ficou em 9,48% nos últimos 12 meses. Chile, Colômbia e Peru registram índices de inflação na casa dos 4% ou 5% no período, mas em todos houve uma aceleração da inflação em relação aos 12 meses anteriores.

Gostou? Compartilhe:

Comente Abaixo