Política

Márcio Macedo entra com pedido, mas perde no TRE e vaga de deputado federal continua sendo de Fábio Henrique. Entenda

O petista contestou o critério utilizado para o cálculo da distribuição das sobras na eleição.
por Redação do Portal Itnet
18/10/2018 08:18h

O candidato a deputado federal pelo PT, Márcio Macedo entrou com um pedido junto ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE/SE) questionando o critério utilizado para o cálculo da distribuição das sobras na eleição. O TRE analisou o caso e nada foi mudado – a vaga continua sendo de Fábio Henrique (PDT).

Márcio obteve 49.055 votos e ficou como primeiro suplente da sua coligação. Já Fábio, que obteve 35.226, entrou para o cargo representando também a sua coligação. Este resultado se deu pelo cálculo de quociente utilizado pelo TRE e o questionamento do petista não modificou este cenário.

A decisão do TRE e todo o caso está disponível através do link a seguir: http://www.tre-se.jus.br/imprensa/noticias-tre-se/2018/Outubro/tribunal-mantem-resultado-das-eleicoes-proporcionais-para-deputado-federal

Gostou? Compartilhe:

Comente Abaixo