Justiça

Advogados denunciam que OAB foi usada na campanha de Henri Clay, que se diz vítima e afirma que processará advogado

Henri Clay, presidente licenciado da OAB obteve mais de 110 mil votos para o Senado. Entenda o caso.
por Redação do Portal Itnet
22/10/2018 08:58h

Advogados sergipanos encaminharam ao Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil, uma denúncia alegando que a Seccional Sergipe da OAB pode ter sido utilizada para favorecer a candidatura ao Senado Federal do presidente licenciado, Henri Clay Andrade, que não foi eleito, mais teve uma votação expressiva.

Pela primeira vez candidato, Henri Clay conseguiu mais de 110 mil votos, sendo inclusive o segundo candidato mais bem votado em Aracaju.

Na denúncia, são apresentadas provas do que foi chamado de “desvirtuamento institucional”, tanto  por parte do presidente da OAB em exercício, Inácio Krauss de Menezes, como também de Conselheiros Seccionais, Presidentes de Comissões Temáticas e Presidentes de Comissões Regionais.

Em outras palavras, a denúncia apresenta casos como de prints de conversas em grupo institucional do órgão no whatsApp, onde o presidente em exercício pede voto para Henri Clay, entre outros casos.

Em nota, Henri Clay disse que a sua campanha foi limpa e que essas informações não procedem. Segundo ele, isto está intercalado com a eleição para a Presidência da OAB que acontecerá em breve. Afirmou também que processará o advogado Arnaldo Machado, que concorre à Presidência do órgão.

Veja a nota:

Imagem extraída do NE Notícias

 

Gostou? Compartilhe:

Comente Abaixo