Cidade

Advogado Evânio Moura: “Não há a menor necessidade da prisão de Valmir de Francisquinho”

Por Jozailto Lima, JL Política.
por Redação do Portal Itnet
09/11/2018 07:15h
Atualizado em 09/11/2018 12:32h

Por Jozailto Lima, JL Política.

“O prefeito de Itabaiana, Valmir de Francisquinho, possui todos os requisitos pessoais favoráveis para responder ao processo em liberdade e não há a menor necessidade da prisão dele”.

Estas convicções foram defendidas para a Coluna Aparte pelo advogado Evânio Moura, que dá assistência jurídica ao prefeito Valmir de Francisquinho, detido na manhã da última terça-feira, dia 6, pelo Departamento de Crimes Contra a Ordem Tributária e Administração Pública – Deotap. 

O Deotap alega que houve desvio de recursos financeiros entrados na Prefeitura de Itabaiana através de taxas pagas ao Matadouro Municipal. Foram detidos, também, o secretário de Agricultura do município e mais três outras pessoas.

Evânio Moura, advogado de Valmir de Francisquinho


Mas Evânio Moura vê intempestividade em tudo isso - e é com base nesta convicção que ele deu entrada em um habeas corpus pedido a liberação do prefeito. “Entramos com esse habeas corpus na tarde de ontem, 7, no Tribunal de Justiça e estamos aguardando”, diz o advogado.

Confira a matéria completa acessando: http://jlpolitica.com.br/coluna-aparte/evanio-moura-nao-ha-a-menor-necessidade-da-prisao-de-valmir-de-francisquinho  

Por JL Política

Gostou? Compartilhe:

Comente Abaixo