Justiça

MP expede recomendação à prefeitura de Itabaiana para evitar prática de nepotismo na Administração Municipal

Segundo o promotor de Justiça, o intuito é evitar a prática de nepotismo no município.
por Redação do Portal Itnet
05/12/2018 14:04h
Atualizado em 06/12/2018 10:59h

O Ministério Público de Sergipe, por meio do promotor de Justiça Amilton Neves Brito Filho - 1ª Promotoria de Justiça Cível de Itabaiana - , expediu recomendação à prefeita do referido município, Carminha Mendonça, para que exonere todos os ocupantes de cargos comissionados, função de confiança ou gratificada, que detenham relação de parentesco consanguíneo, em linha reta ou colateral, ou por afinidade até o terceiro grau com a própria prefeita, vice-prefeito, secretários municipais, procurador-geral do município, chefe de Gabinete e vereadores. Segundo o promotor de Justiça, o intuito é evitar a prática de nepotismo no município.

O MP recomendou, também, que a prefeita rescinda todo e qualquer vínculo contratual, ainda que realizado por interposta pessoa (OSCIP), dos funcionários que prestam serviço à Administração Municipal; e os contratos, em casos excepcionais de dispensa ou inexigibilidade de licitação, de pessoa jurídica cujos sócios ou empregados possuam parentes até o terceiro grau em linha reta, colateral e por afinidade de quaisquer das pessoas ocupantes dos cargos acima listados.

Além disso, não deverá nomear ninguém (na mesma situação de parentesco) para o exercício de cargos comissionados, função de confiança ou gratificada, nem realizar qualquer espécie de contratação, sem concurso público.

A cópia dos atos de exoneração e rescisões contratuais, bem como declaração de todos os servidores ocupantes de cargos comissionados, funções de confiança e funções gratificadas no Poder Executivo Municipal deverão ser enviadas à Promotoria de Justiça, mediante ofício.

Com informações da 1ª Promotoria de Justiça Cível de Itabaiana

Coordenadoria de Comunicação
Ministério Público de Sergipe

Gostou? Compartilhe:

Comente Abaixo