Policial

Justiça nega pedido de habeas corpus e Valdevan 90 continua preso

As investigações indicam que o candidato, utilizando-se de “laranjas”, simulou a realização de diversas doações em favor de sua campanha.
por Redação do Portal Itnet
16/12/2018 08:34h

A justiça eleitoral negou na noite da última sexta-feira,14, o pedido de Habeas Corpus impetrado pelo advogado de defesa, em favor do deputado federal recém eleito, Valdevan 90. Com a decisão ele permanecerá preso preventivamente no presídio de Estância.

De acordo com a assessoria da PF, ele foi detido preventivamente no dia 07 de dezembro, após diligências da 'Operação Extraneus', que apura a inserção de declarações falsas na prestação de contas de campanha por parte do candidato eleito durante as eleições de 2018.

As investigações indicam que o candidato, utilizando-se de “laranjas”, simulou a realização de diversas doações em favor de sua campanha, nela aportando valores cuja origem é desconhecida para o custeio de suas despesas.

Além disso, no curso das apurações, verificou-se a atuação dos envolvidos com o intuito de direcionar os relatos dos “laranjas” chamados a prestarem depoimento.

Gostou? Compartilhe:

Comente Abaixo