Cidade

Barragem está praticamente seca e população de Tobias Barreto poderá ficar sem água

O nível da água não consegue chegar na tubulação
por Redação do Portal Itnet
28/12/2018 06:33h
Atualizado em 28/12/2018 06:46h

A barragem que abastece o município de Tobias Barreto está abaixo do limite necessário para a realização do abastecimento de água para o município e mais de 35 mil pessoas estão sendo afetados com a falta d’água.

O governo do estado realizou um acordo com o prefeito da cidade de Itapicuru, na Bahia, para que a cidade de Tobias Barreto pudesse ser beneficiada com a água vinda do município baiano através de tubulações. A obra orçada em 7 milhões de reais está em andamento com previsão de término para a primeira semana de janeiro.

A água vinda do estado baiano não será o suficiente para atender os poucos mais de 35 mil habitantes. Um rodízio deve acontecer de acordo com critérios que serão definidos pela Deso.

A falta de água na região, conforme o diretor de operações da Deso e manutenção Anderson Pedreira, é consequência da escassez de chuvas na região, que não foram suficientes para o preenchimento da barragem, utilizada pela Deso desde o ano de 2007 para o consumo humano. O manancial está se exaurindo, antes do tempo previsto. “Ainda não secou, mas vai secar”, adverte Carlos Anderson. Segundo o diretor, a barragem foi projetada para atender a população até o ano de 2037 e, desde que a Deso a utiliza, sempre transbordou durante o período chuvoso. Mesmo no ano de 2016 em que a crise hídrica foi uma das piores enfrentada pela comunidade, segundo informações do diretor da Deso.

Se ocorrer algum problema com a conclusão da obra a Deso está mapeando a cidade de Tobias Barreto e em cada distrito irá colocar um reservatório de água para a população esses detalhes ainda serão definidos pela companhia.

Com informações do Portal Infonet.

Gostou? Compartilhe:

Comente Abaixo