Cidade

Diretor da Deso explica que abastecimento em Sergipe não deve ser comprometido por conta do rompimento em Brumadinho

Segundo ele, entre Minas e Sergipe há muitos barramentos e a hidrelétrica de Xingó não será afetada.
por Redação do Portal Itnet
29/01/2019 07:27h
Atualizado em 29/01/2019 07:40h

Após a triste tragédia que aconteceu em Minas Gerais na última sexta, com o rompimento de uma barragem da Vale em Brumadinho, além de tristeza fica também muitos questionamentos, principalmente envolvendo o meio ambiente.

Um deles refere-se ao contato da lama com importantes rios e hidrelétricas do Brasil. Em relação a isso, o diretor de operações da Companhia de Saneamento de Sergipe (Deso), Carlos Anderson explica que o abastecimento de água em Sergipe não deve ser comprometido.

Segundo ele, entre Minas Gerais e Sergipe há muitos barramentos ao longo do Rio São Francisco, e por conta disso a hidrelétrica de Xingó não será afetada. “Muito dificilmente teremos um reflexo do que aconteceu em Minas”, afirma Carlos Anderson.

Os órgãos ambientais sergipanos estão monitorando as barragens sergipanas continuamente, visando evitar que algo semelhante aconteça.

Gostou? Compartilhe:

Comente Abaixo