Economia

Estado entra na justiça para suspender hibernação da Fafen

O governador Belivaldo Chagas informou que a ação judicial foi a medida encontrada para evitar o impacto econômico e social com a suspensão das atividades do polo de Laranjeiras
por Redação do Portal Itnet
03/02/2019 09:06h

Por Agência Sergipe de Notícias.

Por ordem expressa do governador Belivado Chagas, o governo do Estado, por meio da Procuradoria Geral do Estado, ingressou com ação judicial, nesta sexta-feira, 1° de fevereiro, para suspender o fechamento da Fábrica de Feritilizantes Nitrogenados (Fafen). A unidade entrou em hibernação a partir de quinta-feira, dia 31, interrompendo as atividades gradativamente.

Com fábricas em Sergipe, em Laranjeiras, e na Bahia, em Camaçari, a Fafen tem potencial para empregar 1.500 trabalhadores e gerar mais de 5 mil empregos indiretos. 

Juntas, as unidades eram responsáveis por 30% da produção de fertilizantes do País, que importa 70% dela a fim de abastecer a produção nacional de alimentos.

O governador Belivaldo Chagas informou que a ação judicial foi a medida encontrada para evitar o impacto econômico e social com a suspensão das atividades do polo de Laranjeiras. Além disso, ele e o governador da Bahia, Rui Costa, encaminharam ofícios para o ministro da Casa Civil, Onyx Dornelles Lorenzoni; o ministro da Economia, Paulo Guedes e para o vice-presidente Hamilton Mourão solicitando audiência para debater o tema.

Na Bahia, a Justiça Federal concedeu liminar que suspende o fechamento da Fábrica de Fertilizantes Nitrogenados. Diferente de Sergipe, onde o governo do Estado requereu a ação, lá, quem entrou com o pedido de suspensão foi o Sindicato das Indústrias de Produtos Químicos para Fins Industriais, Petroquímicas e de Resinas Sintéticas de Camaçari, Candeias e Dias D'ávila (Sinpeq).

Gostou? Compartilhe:

Comente Abaixo