Cidade

Polícia Civil divulga imagens de envolvidas em crimes de estelionato na cidade de Itabaiana

Qualquer pista sobre a dupla deve ser passada ao Disque Denúncia 181.
por Redação do Portal Itnet
27/03/2019 12:36h

Por SSP/SE

A Delegacia Regional de Itabaiana abriu inquérito policial, visando identificar e localizar duas mulheres envolvidas em golpes de estelionato na cidade de Itabaiana. A dupla é responsável por abordar e ludibriar vítimas no entorno de um banco do município serrano, no último dia 20 de março, e subtrair dinheiro destas.

Segundo levantamentos da Polícia Civil, as infratoras observaram que as duas mulheres haviam feito empréstimos no banco.

A partir daí, as estelionatárias se dividiram, para dar a entender que não se conheciam, e seguiram as vítimas, até esbarrar nelas e uma das criminosas derrubar uma carteira, para ser ajudada pela comparsa e as vítimas.

Nesse momento, a dona da carteira, demonstrando gratidão, sugere recompensar as três. A partir daí, uma delas segue para retirar um presente numa dada loja e deixa a bolsa com as vítimas, suscitando confiança nestas.

Na sequência, chega o momento das mulheres receberem os seus brindes, e estas, induzidas pela infratora, acabam deixando as suas bolsas com ela, que foge, tomando destino ignorado e se apropriando dos empréstimos.

Após o crime, as vítimas procuraram a Delegacia Regional de Itabaiana, que levantou imagens do delito e pede o apoio da população, para localizar a dupla criminosa. As denúncias podem ser feitas por meio do Disque Denúncia 181, com a garantia total de sigilo.

“Esse golpe é bastante comum no interior de Sergipe, e acontece geralmente em dia de feira. Uma das estelionatárias sempre finge ser a primeira pessoa que achou a carteira, aí chama a vítima para algum local, e nesse lugar há um descuido por parte da vítima, que passa a confiar na estelionatária. Fica o apelo, utilizando a divulgação dessas imagens, para tentarmos identificar essas mulheres, que certamente continuam aplicando esses golpes em outras cidades do estado”, frisou o delegado Hilton Duarte, que está à frente das investigações.

Veja o vídeo divulgado pela Polícia Civil: 

Gostou? Compartilhe:

Comente Abaixo