Cidade

Falta de água ocasiona suspensão da tratagem de tripas no frigorífico particular de Itabaiana e trabalho das fateiras é afetado

Enquanto o matadouro do município não for reaberto, cerca de 50 fateiras itabaianenses ficarão sem poder trabalhar.
por Redação do Portal Itnet
14/05/2019 08:15h
Atualizado em 14/05/2019 08:17h

A direção do Frigoserrano, frigorífico particular de Itabaiana anunciou que por falta de água, o serviço de tratagem das tripas finas ficará suspenso a partir da quinta, 16, por tempo indeterminado. Com isso, só de Itabaiana, cerca de 50 fateiras serão afetadas com a situação.

Lembramos que por conta do fechamento do Matadouro Público em novembro, e de tantos outros no estado, os marchantes e fateiras tiveram que recorrer ao Frigoserrano, porém, há um certo tempo a escassez de água no frigorífico preocupa a todos, já que lá não há um reservatório de água.

“Estou vendo a hora que não vai ter água lá também para o abate dos bois. A situação dos marchantes e fateiras está bastante complicada”, relata Otacílio de Gois, representante dos marchantes.

Ainda segundo Otacílio, as reuniões para a reabertura do matadouro público de Itabaiana continuam, e em breve teremos uma posição. Se o matadouro for reaberto, os marchantes e fateiras poderão voltar a exercer as atividades no local onde sempre foi feito.

Além dos marchantes e fateiras de Itabaiana, o Frigoserrano está recebendo trabalhadores de outros municípios do interior. Então essa suspensão afetará fateiras de várias partes do estado. De mãos atadas, as fateiras irão ao Ministério Público saber o que pode ser feito em favor das mesmas. 

Gostou? Compartilhe:

Comente Abaixo