Cidade

Dia do Padroeiro: relembre a lenda do “Santo Antônio Fujão”, que faz parte da cultura popular de Itabaiana

Itabaiana celebra hoje, dia 13 de junho, o dia de Santo Antônio, seu padroeiro.
por Redação do Portal Itnet
13/06/2019 13:30h
Atualizado em 13/06/2019 13:38h

Por  Taís  Cristina

Itabaiana celebra hoje, dia 13 de junho, o dia de Santo Antônio, seu padroeiro. Sobre o “Toinho de Itabaiana” há uma lenda que faz parte da cultura popular do município e todo itabaianense conhece e de certa forma, usa a imaginação para torná-la verdade e acreditar que tudo realmente aconteceu.

Reza a lenda que em Itabaiana havia um santo muito danado. Santo Antônio era um santo fujão.

Segundo essa lenda popular, os colonizadores inventaram que o Santo Antônio estava descontente com o local ao qual ele estava, a Igreja Velha, onde Itabaiana começou, e saía durante a noite caminhando até uma quixabeira localizada onde hoje está a Igreja Matriz, pois ele queria que ali fosse a sede do município; então, as pessoas iam toda noite carregá-lo de volta para a Igreja Velha.

Conforme José de Almeida Bispo, historiador, “trata-se de um bom trabalho de marketing no sentido de convencer ao povo sobre a mudança da igreja, epicentro da futura povoação de Santo Antônio da Itabaiana, para o local em que hoje se encontra a Matriz de Santo Antônio e Almas”.

Por influência de Santo Antônio Fujão, ou não, a sede do município foi realmente transferida para onde hoje se localiza a Igreja Matriz de Santo Antônio e Almas, sendo esta, até os dias atuais, a maior e mais importante igreja serrana.

Inclusive na praça da Matriz há uma estátua de Santo Antônio Fujão, em homenagem a esta lenda passada de geração para geração; uma das maiores histórias do imaginário popular do município serrano e que com certeza, tem o seu fundo de verdade.

Gostou? Compartilhe:

Comente Abaixo