Cidade

Irmã Dulce será canonizada no dia 13 de outubro, no Vaticano. Seu primeiro milagre ocorreu na maternidade de Itabaiana

O anúncio da data da canonização do “Anjo Bom da Bahia”, como era conhecida foi feito hoje pelo Papa Francisco.
por Redação do Portal Itnet
01/07/2019 09:24h

O Papa Francisco anunciou hoje que a canonização de Irmã Dulce ocorrerá no dia 13 de outubro, no Vaticano, às 10hs.

Irmã Dulce, conhecida como “O Anjo Bom da Bahia” será a primeira mulher brasileira proclamada santa.

O primeiro milagre dela, que a proclamou beata aconteceu em Itabaiana, no ano de 2011. Irmã Dulce é natural da Bahia e faleceu em 1992.

O MILAGRE:

No início de 2011, uma gestante natural de Malhador estava internada na maternidade de Itabaiana e sofreu hemorragia grave após o parto do segundo filho.

Cláudia Cristiane Santos de Araújo foi submetida a três cirurgias e chegou a ser desenganada pelos médicos. De uma forma inexplicável, se recuperou rapidamente.

Ela atribuiu o milagre a Irmã Dulce, pois sua recuperação inexplicável se deu após a intercessão de um padre (Padre Almi), que hoje está em Itabaiana, à Irmã Dulce. Os médicos não souberam explicar a recuperação dela.

Gostou? Compartilhe:

Comente Abaixo