Opinião

Difícil, mas, não impossível... Itabaiana está a um passo do tão sonhado acesso à série C. Há motivos para acreditar

Hoje é dia do torcedor tricolor vestir sua camisa, pegar sua bandeira e ir ao Mendonção gritar “EU ACREDITO!”
por Redação do Portal Itnet
19/07/2019 08:28h
Atualizado em 20/07/2019 16:26h

Após três anos, o Itabaiana volta a disputar as quartas de final do Campeonato Brasileiro Série D. Na última vez que disputou em 2016, perdeu as duas partidas para o São Bento-SP e não conseguiu o acesso de divisão.

Apesar de vários motivos que fazem os torcedores ficarem com o pé atrás, a exemplo dos quatro vice-campeonatos sergipanos de forma consecutiva, esse time provou que merece o apoio do seu torcedor.

Na primeira fase o Itabaiana jogou a última rodada precisando de um empate fora de casa diante da equipe da Aparecidense-GO. O Tricolor venceu por 2 a 0 e se classificou em primeiro do seu grupo, impressionando a todos.

Na segunda fase o time deu um tropeço diante do ASA-AL fora de casa, perdendo por dois gols de diferença a primeira partida. No segundo jogo, mais uma vez o time mostrou garra e determinação e dentro dos seus domínios venceu a equipe alagoana por 4 a 1 e avançou para a próxima fase. A torcida vibrou muito.

Na fase de oitavas de final, o Itabaiana desbancou o Fluminense de Feira - BA, vencendo as duas partidas e tirando a invencibilidade do time baiano na competição.

Chegamos à rodada do acesso e na primeira batalha o Tricolor perdeu na cidade de Itu-SP, por 3 a 1 e decide amanhã, 20, no jogo de volta, no estádio Etelvino Mendonça. Para garantir o acesso, a equipe serrana precisará vencer com uma diferença de três gols a ou por dois gols e força a disputa por pênaltis.

Superação, determinação e garra resumem esse grupo de jogadores na série D, então é de fundamental importância o apoio da torcida do início ao fim. E caso o Itabaiana não atinja o êxito do acesso devemos lembrar que nem tudo são flores e não podemos desmerecer um time que está entre os oito dos 68 que iniciaram a competição.

Por Chardson Machado.

Gostou? Compartilhe:

Comente Abaixo