Cidade

DRFV prende três suspeitos de roubos de motocicletas e uma mulher por tráfico de drogas na capital

As investigações contra esse grupo iniciaram no mês de maio após um roubo em Nossa Senhora do Socorro.
por Redação do Portal Itnet
16/08/2019 08:03h

A Divisão de Roubos e Furtos de Veículos (DRFV) deflagrou operação na manhã desta quinta-feira, 15, visando o combate ao roubo de motocicletas na capital.

Na ação, que contou com o apoio do Departamento de Narcóticos (Denarc) e da Coordenadoria de Operações e Recursos Especiais (Core), três mandados de prisão foram cumpridos.

Foto: SSP/SE


Foram presos: Carlos Augusto Silva de Oliveira; Matheus Conceição Dantas, conhecido como “Bob”; Gabriel Campos da Silva, que são acusados de terem cometidos os roubos de motos, também foi presa Cristiane da Conceição Dantas pelo crime de tráfico de drogas

As investigações contra esse grupo iniciaram no mês de maio após um roubo em Nossa Senhora do Socorro, quando os três envolvidos utilizando uma arma de fogo roubaram uma motocicleta de duas melhores.

“A gente começou a investigar esse grupo desde o mês de maio desse ano, houve um roubo no dia 8 onde três indivíduos em duas motos abordaram duas mulheres que chegavam em casa numa biz no conjunto São Braz”, disse o delegado Hugo Leonardo.

De acordo com as investigações, os suspeitos agiam em duas motocicletas, sendo dois suspeitos em uma, e os outros dois em uma segunda. Eles abordavam as vítimas no meio da rua, paravam e pegavam a motocicleta. Os suspeitos praticaram diversos roubos.

Ainda segundo as informações, o trio já tinha sido preso pela Polícia Militar, mas foi solto em audiência de custódia. A partir da divulgação de imagens, vítimas procuraram a unidade policial, sendo que três casos já estavam na DRFV.

No cumprimento de um dos mandados de prisão, também foi encontrada drogas no interior da residência de Matheus. Diante da localização das drogas, a mãe dele identificada como Cristiane Conceição foi presa em flagrante por tráfico de drogas.

A Polícia pede também que caso outras pessoas também tenham sido vítimas e reconheçam os indivíduos procurem a delegacia para registrar o boletim de ocorrência.

“É muito importante as pessoas que foram roubadas com XRE 300 vermelha e uma CG 150 preta que os reconhecer pode vim a delegacia  a gente vai manter em sigilo o seu depoimento e vamos tentar rastrear esses bens que eles levaram para saber para quem eles venderam”, finaliza Hugo Leonardo.

Fonte: SSP/SE

Gostou? Compartilhe:

Comente Abaixo