Policial

Caso Moita Bonita: polícia confirma que a jovem estava sendo ameaçada pelo companheiro

De acordo com a delegada Clarissa Lobo, apesar da família confirmar as ameaças, nenhuma denúncia foi feita anteriormente na delegacia.
por Redação do Portal Itnet
10/09/2019 07:23h
Atualizado em 10/09/2019 09:36h

A morte de dois jovens em uma residência no município de Moita Bonita chocou a população de todo o Agreste. O casal foi encontrado dentro do quarto com perfurações de arma de fogo na tarde de ontem, 09. A Polícia Civil acredita que o crime foi um feminicídio seguido de suicídio e que ocorreu na manhã da segunda-feira.

De acordo com a delegada Clarissa Lobo, a família da jovem Liliane de Santana Santos, 23, informou que o seu companheiro, Henrique Santos de Mendonça, 23, já havia feito ameaças à jovem por diversas vezes, porém, isso nunca foi denunciado na delegacia.

“Os problemas desse casal nunca foram levados à delegacia e eles haviam voltado a se relacionar tem pouco tempo. O Henrique já era investigado por alguns crimes, inclusive envolvimento com roubo e tráfico”, ressalta a delegada.

Na noite do domingo, 08, o casal esteve em uma festa, inclusive postaram fotos nas redes sociais juntos e “felizes”. Na segunda pela manhã, 09, as famílias tentaram contato com os dois, mas não conseguiram, então chamaram a polícia e arrombaram a porta da casa.

O casal estava morto no quarto e segundo a delegada há sinais na casa de que houve luta corporal entre os dois, antes do crime. Além disso, há indícios de que houve o consumo de drogas dentro da residência.

“Essa é uma realidade cada vez mais frequente, infelizmente a maioria das mulheres não acredita que o seu companheiro possa concretizar as ameaças... Que sirva de alerta para as mulheres, pois a gente sabe que é difícil se afastar de alguém que a gente ama, mas infelizmente hoje, duas famílias choram por causa disso”, enfatiza Clarissa.

Gostou? Compartilhe:

Comente Abaixo