Nacional

REFORMA DA PREVIDÊNCIA: Senadores aprovam texto-base e também alteração no abono salarial. Veja o voto dos sergipanos

Os senadores Alessandro Vieira e Rogério Carvalho participaram da votação. A senadora Maria do Carmo Alves não compareceu.
por Redação do Portal Itnet
02/10/2019 07:39h
Atualizado em 02/10/2019 07:42h

Aconteceu ontem, dia 1º, no Senado, a votação em primeiro turno do texto-base da Reforma da Previdência, que foi aprovado por 56 votos contra 19. Os senadores também votaram em uma alteração referente ao abono salarial.

O TEXTO-BASE:

Dos 81 senadores presentes, 56 votaram a favor do texto; 19 votaram contra; um não votou e cinco estavam ausentes. O sergipano Alessandro Vieira (Cidadania) votou a favor; já Rogério Carvalho (PT) votou contra. Maria do Carmo Alves (DEM), não compareceu.

DESTAQUE DO ABONO:

Os senadores também votaram em uma alteração no texto, referente ao abono salarial. Segundo cálculos da equipe governista, esta alteração deve reduzir em R$ 76,4 bilhões a economia em dez anos com a reforma da Previdência.

O destaque que altera a PEC da reforma da Previdência para assegurar a continuidade do abono salarial para trabalhadores de baixa renda pago com recursos do FAT (Fundo de Amparo ao Trabalhador) foi aprovado pelos senadores presentes.

Apesar de a maioria dos senadores (42) ter votado contra o destaque, o quórum mínimo para manutenção do texto era de 49 votos. 30 senadores votaram a favor da alteração no texto. Oito não participaram e um não votou.

Tanto Alessandro como Rogério votaram não, ou seja, favoráveis à alteração. Apesar de Alessandro ser a favor na reforma, ele votou pela alteração.

Gostou? Compartilhe:

Comente Abaixo