Policial

Segundo a Polícia, homem preso suspeito de matar o secretário Rauan Stefani estava no Tocantins para cometer roubo de cargas

Ele estava foragido por participação no homicídio de um escrivão da Polícia Civil no ano de 2010.
por Redação do Portal Itnet
28/10/2019 07:41h
Atualizado em 29/10/2019 07:13h

Foi preso na tarde do último sábado, 26, no estado do Tocantins, o homem que de acordo com as investigações da polícia foi o autor dos disparos que vitimou o Secretário de Assuntos Institucionais de Itabaiana, Rauan Stefani Santos Santana, em junho deste ano.

Conforme as investigações, o suspeito, identificado como Edson Alcântara Santana, 33 anos, mais conhecido como Ercinho no município de Gurupi, no Tocantins para cometer roubo de cargas.

Além disso, ele estava foragido há quase dez anos por participação no homicídio do escrivão da Polícia Civil Flávio Santos de Oliveira Matos, no ano de 2010.

“O êxito da operação só foi possível graças à troca de informações entre forças de segurança pública, sobretudo da Polícia Civil de Sergipe, a Cotar, a Polícia Militar do Ceará, a PRF do Tocantins, além da Polícia Civil do estado do Tocantins”, enfatiza o delegado responsável pelas investigações, Dernival Eloy.

RELEMBRE A MORTE DO SECRETÁRIO RAUAN:

Por volta das 08hs do dia 06 de junho, o Secretário de Assuntos Institucionais e Defesa Social de Itabaiana, Rauan Stefani Santos Santana, de 28 anos foi assassinado a tiros dentro de um restaurante localizado às margens da BR-235, no município serrano.

Rauan estava tomando café no restaurante quando foi surpreendido por um indivíduo que desceu de um carro e efetuou disparos em sua direção. Ele morreu no local. 

O caso chocou o estado e ganhou grande repercussão na imprensa.

Gostou? Compartilhe:

Comente Abaixo