Policial

Suspeito de matar homem a pedradas no Sertão sergipano é preso preventivamente pela Polícia Civil

O crime ocorreu no mês de março deste ano, no município de Monte Alegre.
por Redação do Portal Itnet
22/11/2019 07:18h
Atualizado em 22/11/2019 07:36h

A Polícia Civil, sob o comando do delegado Eurico Nascimento realizou a prisão preventiva de Gilmário Campos da Silva, vulgo “Chapa ou Temporário”, de 42 anos. Ele é suspeito de matar Tácio Felipe Oliveira Farias, vulgo “Burguesa” a pedradas, no mês de março deste ano, em Monte Alegre, no Sertão sergipano.

Foto: SSP/SE


De acordo com as investigações, no dia do crime, Tácio chegou ao estabelecimento onde Gilmário trabalhava para receber um dinheiro do patrão de Gilmário e lá foi recebido por ele com pedradas na cabeça, sem chances de defesa. Ele morreu no local.

Ainda conforme o que foi apurado pela polícia, Gilmário recebeu Tácio a pedradas, pois os dois já tinham algumas desavenças e em outra ocasião, Tácio teria agredido Gilmário a pauladas.

Gilmário foi encaminhado à delegacia e agora está à disposição da Justiça sergipana.

Gostou? Compartilhe:

Comente Abaixo