Justiça

Justiça determina que Flamengo pague pensão às famílias das vítimas de incêndio no Ninho do Urubu, que teve um sergipano entre os mortos

De acordo com a Justiça, o time terá que pagar pensão mensal de R$ 10 mil a cada uma das famílias dos dez jovens.
por Redação do Portal Itnet
06/12/2019 07:23h

A Justiça do Rio de Janeiro determinou que o Flamengo pague pensão mensal de R$10 mil às famílias dos dez jovens que morreram no incêndio no Ninho do Urubu em fevereiro deste ano. O sergipano Athila Paixão, de 14 anos, natural do povoado Brasília, em Lagarto foi uma das vítimas.

Athila Paixão tinha 14 anos


A decisão liminar – provisória – atende a pedido da Defensoria Pública (DPRJ) e do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ).

Além dos familiares dos jovens, o time terá também que incluir na folha de pagamento do clube os três atletas feridos no acidente.

Caso descumpra a ordem, o Flamengo está sujeito a uma multa diária de R$ 1 mil para cada beneficiário negligenciado.

O INCÊNDIO:

Dez pessoas morreram em um incêndio no alojamento da categoria de base do Flamengo no Ninho do Urubu, na Zona Oeste do Rio, no início da manhã do dia 08 de fevereiro. Três pessoas ficaram feridas, uma delas em estado grave, e foram levadas para o Hospital Municipal Lourenço Jorge, na Barra.

Nas instalações devastadas pelo fogo, segundo os bombeiros, dormiam atletas entre 14 e 17 anos do clube. No Ninho do Urubu, em Vargem Grande, treinam o time profissional do Flamengo e as equipes de jovens.

Gostou? Compartilhe:

Comente Abaixo