Nacional

Bancos permitem que clientes congelem duas parcelas da dívida de casa e carro por conta da pandemia

Saiba o que fazer para pausar duas prestações de casa e carro e colocá-las para o final do financiamento.
por Redação do Portal Itnet
26/03/2020 08:09h

Em meio à pandemia do coronavírus, grandes bancos (Caixa, Itaú, Bradesco e Santander) estão permitindo que os seus clientes suspendam o pagamento de duas parcelas da dívida de casa e carro.

A medida permite que estas parcelas sejam pagas depois, no caso, no final do financiamento da casa ou do carro, e tem o intuito de dar fôlego financeiro para os trabalhadores.

Há a necessidade de que as parcelas estejam em dias. No caso da Caixa, a pausa poderá ser feita até mesmo para quem esteja com duas parcelas em atraso.

Saiba como funciona:

CAIXA:

A pausa vale para contratos habitacionais de pessoa física ou pessoa jurídica. Nos casos em que o cliente esteja utilizando o FGTS para pagamento das prestações mensais não será possível solicitar a pausa.

Vale lembrar que prestações que vencem esta semana não podem ser pausadas. O serviço pode ser acessado no aplicativo Habitação Caixa ou pelo WhatsApp (telefone 0800-726 8068).

Veja como funciona no app:

• Acessar o aplicativo Habitação Caixa;
• Efetuar login;
• Acessar a aba Serviços;
• Clicar na opção Solicitar Pausa Emergencial;
• Ler as orientações e clicar em Próximo;
• Informar o número do celular e autorizar o banco a enviar SMS sobre a solicitação;
• Clicar em Solicitar Pausa.

ITAÚ:

No Itaú o pedido pode ser feito por meio das centrais de atendimento. Para veículos, em capitais e regiôes metropolitanas o número é o 4002-0234, enquanto nas demais localidades basta ligar para 0800-729-0234.

No caso de financiamentos imobiliário, o atendimento é de segunda a sexta, das 8h às 21h pelo 4004-7051, para capitais e regiôes metropolitanas, e 0300-789-7051 para demais localidades.

SANTANDER:

O Santander lançou um hotsite para orientar os clientes interessados em solicitar a prorrogação do vencimento de dívidas, em linha com a determinação do Conselho Monetário Nacional (CMN).

O banco também ampliou, de forma automática, 10% o limite do cartão de crédito de todos os clientes adimplentes.

BRADESCO:

O Bradesco diz, em nota, que está à disposição para prorrogar por 60 dias as dívidas de operações em dia.

Em financiamentos imobiliários, o banco pede que o cliente preencha um formulário disponível pelo internet banking, assine e envie por e-mail para a agência onde tem conta. Não é necessário ir à agência. O valor postergado será diluído nas prestações restantes.

Com informações do site Exame/Abril

Gostou? Compartilhe:

Comente Abaixo