Policial

OPERAÇÃO AVES DE RAPINA: duas prisões foram realizadas em Itabaiana

No total foram realizadas três prisões e quatro pessoas estão foragidas.
por Redação do Portal Itnet
31/03/2020 08:32h

O Departamento de Crimes contra a Ordem Tributária e Administração Pública (Deotap) deflagrou a operação Aves de Rapina, para cumprimento de mandados de busca e apreensão e prisão na região de Itabaiana, cidades vizinhas e em Aracaju.

O foco é um grupo de atacadistas e colaboradores que fraudaram impostos, sobretudo o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS).

Três pessoas foram presas, duas delas em Itabaiana e quatro pessoas estão foragidas e a Polícia Civil orienta que compareçam à delegacia acompanhadas de seus advogados.

De acordo com as investigações, a Superintendência de Gestão Tributária da Secretaria de Estado da Fazenda, ao menos R$ 10 milhões deixaram de ser arrecadados para os cofres públicos em decorrência das ações fraudulentas do grupo.

Durante as investigações, ficou comprovado que a associação criminosa trocava mensagens em um grupo denominado "Os Corujas" - daí o nome da Operação Aves de Rapina - e mantinham uma rede permanente de vigilância sobre a atuação das polícias estaduais e federal e dos postos da Sefaz, com pessoas distribuídas em rodovias e que trocavam mensagens por rádio comunicadores.

O cumprimento dos mandados contou com a participação das equipes do Deotap, Coordenadoria das Delegacias do Interior, Departamento de Narcóticos, Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e Divisão de Inteligência e Planejamento Policial (Dipol).

Maiores informações serão repassadas em uma entrevista coletiva.

Com informações da SSP/SE

Gostou? Compartilhe:

Comente Abaixo