Nacional

Bolsonaro sanciona auxílio de R$600,00 e edita a Medida Provisória que vai viabilizar o pagamento

O auxílio vai beneficiar trabalhadores informais, autônomos e microempreendedores individuais durante três meses.
por Redação do Portal Itnet
02/04/2020 08:22h

O presidente Jair Bolsonaro sancionou ontem, 1º de abril, o projeto de lei que prevê o auxílio de R$600,00 para trabalhadores informais, autônomos e microempreendedores individuais afetados pelos efeitos da pandemia do novo coronavírus.

O auxílio será pago durante três meses e até duas pessoas da mesma família poderão receber. A trabalhadora informal que for mãe e chefe de família terá direito a duas cotas, ou seja, receberá R$ 1,2 mil mensais.

O presidente também editou uma medida provisória para criar um crédito extraordinário no valor de R$ 98 bilhões para viabilizar esse pagamento.

Segundo Bolsonaro, esse auxílio emergencial vai garantir assistência por três meses a 54 milhões de pessoas, durante o período da pandemia.

Bolsonaro vetou três pontos do projeto, que havia sido aprovado anteriormente no Congresso Nacional. São eles: Ampliação do BPC, Reavaliação dos critérios e Restrição à conta bancária.

O Governo Federal ainda não anunciou o calendário oficial de pagamento.

Para receber o benefício é necessário:

Gostou? Compartilhe:

Comente Abaixo