Cidade

Belivaldo endurece medidas de isolamento social até o dia 25 e não flexibiliza abertura do comércio em Sergipe

De acordo com o governador, essa semana será de intensa fiscalização da Polícia Militar nas ruas.
por Redação do Portal Itnet
18/05/2020 16:58h
Atualizado em 18/05/2020 17:35h

Através de uma coletiva de imprensa, o governador de Sergipe Belivaldo Chagas anunciou que serão prorrogadas, de maneira mais dura, até o dia 25 de maio as medidas de isolamento social, como forma de prevenção ao coronavírus.

O novo decreto não traz nenhuma flexibilização e continuarão em funcionamento até o dia 25 apenas os segmentos que estão podendo funcionar no momento (ver abaixo), sem abertura de nenhum segmento a mais.

O governador enfatiza a obrigatoriedade do uso de máscaras a todos que circularem em espaços públicos. E claro, todos os estabelecimentos que podem funcionar devem obedecer às medidas de higienização e prevenção, tanto para funcionários, como para clientes.

Segundo o governador, esta será uma semana de intensa fiscalização no estado, por parte das Polícias Militar, Civil, Corpo de Bombeiros, Guardas Municipais, a fim de impedir que as pessoas se aglomerem e desobedeçam o decreto, bem como fiscalização nos estabelecimentos que não podem abrir e os proprietários acabam desobedecendo a determinação, principalmente nos dez municípios com mais casos da doença, entre eles Itabaiana.

Belivaldo enfatizou que se por acaso durante estes oito dias as pessoas não mostrarem mais adesão ao isolamento social vai avaliar a possibilidade de lockdown na Grande Aracaju, mas isso será avisado antecipadamente.

O decreto reforça a competência dos municípios para disporem sobre: regras de circulação; rodízios de carros; proibição de estacionamentos; implantação de barreiras sanitárias; decisão sobre lockdown. “Essas medidas são válidas até o dia 25, próxima segunda-feira. O Decreto prevê, ainda, que os municípios podem realizar ações isoladas, com relação a apertar e não afrouxar as medidas, caso julguem necessário. Mas numa ação coordenada tanto pela SES quanto pela Vigilância Sanitária", disse Belivaldo.

Confira os pontos do novo decreto:

Novo decreto

Gostou? Compartilhe:

Comente Abaixo