Policial

CASO ADRIANA: delegada fala sobre a prisão temporária do principal suspeito do crime. Assista

De acordo com a Polícia Civil houve muita contradição nos depoimentos do suspeito.
por Redação do Portal Itnet
16/06/2020 19:22h

A Polícia Civil, através do Departamento de Apoio a Grupos Vulneráveis (DAGV) da Delegacia Regional de Itabaiana realizou ontem, 15, a prisão temporária por 30 dias de Vanderlei Conceição da Silva, de 24 anos. Ele é o principal suspeito de ter assassinado a mulher com quem mantinha um relacionamento no mês de maio.

Adriana de Almeida Santos, de 37 anos foi morta a facadas na noite do dia 24, no povoado Rio das Pedras, numa estrada vicinal. De acordo com a Polícia Civil houve muita contradição nos depoimentos de Vanderlei e por conta disso foi pedida a sua prisão temporária.

Vanderlei foi a última pessoa com quem Adriana se encontrou antes de morrer.

Ele, que também ficou ferido com golpes de faca e chegou a ser atendido no Hospital Regional de Itabaiana disse que o casal foi alvo de um assalto, porém, isso foi descartado, visto que nada foi subtraído dos dois.

Confira o que disse a delegada Josefa Valéria sobre o caso:

Gostou? Compartilhe:

Comente Abaixo