Internacional

Rede ilegal de transmissão de IPTV que atendia a mais de dois milhões de assinantes pagantes em todo o mundo é encerrada

A rede de pirataria estava sediada na Espanha, mas operava em todo o mundo.
por Redação do Portal Itnet
17/06/2020 07:16h

Foi encerrada ontem, 16, uma rede ilegal de transmissão de IPTV que atendia a mais de dois milhões de assinantes pagantes.

 A rede de pirataria estava sediada na Espanha, mas operava em todo o mundo, em países como Estados Unidos, Alemanha, França, Dinamarca, Itália, e Canadá.

A rede pirata oferecia uma ampla variedade de canais, eventos esportivos, filmes, documentários e séries, além de 50 servidores piratas localizados em vários países da Europa. Todos foram encerrados como parte da operação antipirataria.

O desligamento é resultado de reclamações criminais e assistência da Deutsche Fußball Liga (DFL), Liga Espanhola de Futebol (LaLiga), a NAGRA e a Nordic Content Protection, que comunicaram o fato à polícia espanhola.

A operação contou com o apoio também da Europol, o órgão de aplicação da lei da União Europeia, e da Eurojust, a Agência da União Europeia para a Cooperação em Justiça Criminal.

O serviço da rede pirata de transmissão de IPTV era oferecido a revendedores, permitindo que eles criassem sua própria marca e serviço ilegal como franquia.

Foram realizadas detenções em vários países europeus, incluindo  Alemanha, Espanha, Dinamarca, Itália e Suécia. Os indivíduos foram acusados ​​de crimes contra propriedade intelectual, fraude nas comunicações, lavagem de dinheiro e organização criminosa.

Gostou? Compartilhe:

Comente Abaixo