Cidade

Polícia Civil desarticula espaço de rinha de galos na zona rural de Itabaiana

Além do proprietário do local, outras cinco pessoas presentes responderão judicialmente.
por Redação do Portal Itnet
30/07/2020 09:00h

No último dia 28, a Polícia Civil divulgou a operação que desarticulou um espaço destinado para rinha de galos no povoado Dendezeiro, localizado em Itabaiana.

Além do proprietário do local, José Carlos Dantas dos Santos, conhecido como “Cigano”, outras cinco pessoas presentes responderão judicialmente pelos crimes e um adolescente também responderá por ato infracional.

Segundo o delegado Khertton Rafael, a ação policial aconteceu após o recebimento de uma denúncia dos crimes ambientais de maus-tratos aos animais em espaço de rinha de galos, além de posse ilegal de arma de fogo.

Diante da denúncia, o Departamento de Narcóticos (Denarc), com o apoio da Delegacia Regional de Itabaiana, empreenderam diligências.

Chegando no local indicado, a denúncia da rinha de galos foi constatada e pode ser observado que diversos animais estavam amarrados para serem postos na situação de combate.

Um dos animais, segundo o delegado, já havia sido morto e estava sendo cozinhado para servir de alimento, outros estavam com feridas severas em decorrência das brigas.

O proprietário do espaço, José Carlos, além de responder pelos crimes ambientais presentes no artigo 29, § 1º, inc. III, sobre ter animal silvestre em cativeiro sem autorização, e no artigo 32, § 2º, referente a maus-tratos com resultado morte, também responderá pelo crime de corrupção de menor, presente no Art. 244-B do Estatuto da Criança e do Adolescente, por conta da presença de um adolescente.

Além de Cigano e do adolescente, outras cinco pessoas estavam presentes e responderão pelo crime ambiental de maus-tratos, sendo elas: Wesley Marques Dias, Denisson Marques Dias, Lucas Dantas dos Santos, Cleverton Jesus Moraes Santos e Carlos Alfredo Mendonça dos Santos. Dos cinco envolvidos, um responderá por posse de animal em cativeiro. O adolescente, por sua vez, confessou ter um pé de maconha para consumo pessoal e responderá por esse ato infracional.

Fonte e fotos: Polícia Civil

Gostou? Compartilhe:

Comente Abaixo