Cidade

SAMU e GTA trazem caminhoneiro que estava hospitalizado em SP para Sergipe

O caminhoneiro é morador de Itabaianinha e se encontrava há quatro meses em São Paulo
por Redação do Portal Itnet
09/08/2020 09:12h

O Governo do Estado, com o apoio da Secretaria de Estado da Saúde, através do Serviço de Atendimento Móvel (SAMU), e da Secretaria de Segurança Pública, pelo Grupamento Tático Aéreo (GTA), realizaram com sucesso a remoção do caminhoneiro Evilásio Santos, 35 anos, morador de Itabaianinha, que se encontrava há quatro meses em São Paulo, depois de ser vítima de agressão física e entrar em coma.

Com sequelas de paraplegia e internado no Hospital Santa Marcelina, em Itaquaquecetuba, no interior paulista, a família tinha notícias dele através de um primo que acompanhou o processo de internação e enviava fotos e vídeos de Evilásio. A família aflita com a situação, solicitou ajuda ao Governo do Estado de Sergipe, para trazê-lo, e prontamente foi atendida. 
 
Emocionada, a cunhada, Jacicleide Guimarães, falou do alívio em vê-lo chegar em terras sergipanas com segurança. “Desde começo corri atrás para trazer ele. Evilásio só podia vir de jatinho pelo quadro clínico, mas não tínhamos condições, então procuramos a Secretaria de Estado da Saúde e falamos com secretária Mércia Feitosa, ela nos atendeu muito bem. Logo depois conseguimos esse apoio, mas como ele teve uma pneumonia a volta dele a Sergipe foi adiada. Nós estamos muito felizes com a chegada e queremos agradecer o SAMU e o GTA e a todos os envolvidos que estão participando desse momento”, agradeceu. 


 
Foi por volta das 16h30 que o avião apontou no céu e logo depois posou. Ali iniciava o processo para retirá-lo do bi-motor Sêneca do GTA, e assim colocá-lo em segurança na ambulância.  Na tripulação, estavam a superintendente do SAMU, Karina Mendonça e o médico do GTA, major Rodrigo Bicudo, além do piloto Genisson Ribeiro e co-piloto, Bruno Amado. Ao descer da aeronave, Karina Mendonça logo foi ao encontro da família para explicar todo o protocolo que iria ser seguido.  
 
“Evilásio está com quadro estável, mas mesmo assim preferimos que ele passe por uma avaliação médica, então ele vai ficar internado no Hospital Regional de Estância para fazer alguns exames e depois,  sendo liberado, ele segue para casa e ficará sendo cuidado pela família", disse Karina, ao destacar que estava com a sensação de dever cumprido
 
Assim como ela, o major Rodrigo Bicudo, responsável pelo transporte aeromédico da Secretaria de Segurança Pública, destacou a satisfação da missão. “É sempre bom fazer essas ações. Ainda mais quando se trata de um paciente e da satisfação de uma família. Dentro do que foi planejado foi concluído com êxito o paciente foi levado no horário conforme o combinado, o voo foi tranquilo e seguro”, finaliza.

SSP/SE

Gostou? Compartilhe:

Comente Abaixo