Policial

Seis pessoas são presas pelos crimes de homicídio, tráfico e ocultação de cadáver em Glória

A operação “Kairós” foi realizada pela Polícia Civil de Glória, com o apoio da delegacia de Dores e a Polícia da Caatinga.
por Redação do Portal Itnet
17/08/2020 09:14h

Na última sexta-feira, 14, a Polícia Civil de Nossa Senhora da Glória, no Sertão de Sergipe realizou a prisão de seis pessoas pelos crimes de homicídio, tráfico de drogas e ocultação de cadáver.

A operação “Kairós” foi desencadeada para investigar a morte de um homem não identificado, ocorrida no município em 2018. O corpo foi achado em decomposição no fundo presídio de Glória.

“O objetivo era identificar o(s) autor(es) do crime e também a vítima. Com diversas idas e vindas, em razão da vítima ser andarilho e sem familiares à sua procura, o que dificultou bastante as investigações, foi realizado um procedimento datiloscópico que conseguiu apurar que o corpo se tratava de Fábio Santos de França”, explicou o delegado Eurico Nascimento, responsável pelo caso.

A Polícia Civil descobriu que os executores diretos do crime foram Rogério dos Santos e Gabriel Matos Moreira, conhecido como “Furica”, e que a motivação foi uma discussão entre a vítima e a traficante Gabriela Reis dos Santos, a “Gabi”.

Os envolvidos armaram uma emboscada, assassinaram a vítima e em seguida ocultaram o cadáver.

Na sexta, a polícia realizou a prisão de Gabriel Matos, um dos executores e de Gabriela Reis. O outro executor direto, Rogério dos Santos conseguiu fugir.

Em uma das casas alvos da operação, foi preso em flagrante João Lopes Dantas Xavier Ferreira pelo crime de tráfico de drogas. Outra suspeita do homicídio, Maria de Fátima dos Santos Leite, vulgo “Mocinha”, já se encontrava presa.

De acordo com a Polícia Civil foram cumpridos seis mandados de prisão pelos crimes de homicídio, tráfico e ocultação de cadáver.

A operação “Kairós” foi realizada pela Polícia Civil de Glória, com o apoio da delegacia de Dores e a Polícia da Caatinga.

Gostou? Compartilhe:

Comente Abaixo