Tecnologia

PIRATARIA DIGITAL: saiba por que você não deve utilizar sites e aplicativos de streaming pirateados

Na última quinta-feira, 05, uma operação de combate à pirataria digital ocorreu em dez estados brasileiros.
por Redação do Portal Itnet
06/11/2020 13:14h
Atualizado em 06/11/2020 13:17h

Uma operação policial realizada ontem, 05, em dez estados brasileiros acendeu um assunto importante e frequente: a pirataria digital na internet.

Imagem ilustrativa


Na operação, 252 sites e 65 aplicativos de streaming, que transmitem filmes, séries e programas de televisão de forma ilegal foram bloqueados e suspensos, consequentemente, os usuários destes tiveram os seus serviços interrompidos.

Vale lembrar que pirataria é crime e pode dar cadeia, tanto para quem fornece conteúdos piratas, quanto para quem consome. Esse já é um dos motivos para que você não utilize sites e aplicativos pirateados.

Além disso, os serviços piratas colocam em risco a segurança dos dados pessoais dos internautas que consomem, outro motivo para você não utilizá-los.

Os serviços piratas são mais baratos, isso é fato, até porque é ilegal! Porém, só trazem prejuízo para quem consome, então é como diz o famoso ditado: o barato sai caro!

“O usuário às vezes pensa estar comprando um serviço mais barato, mas que acaba por lhe custar mais caro, pois traz junto um malware [abreviatura da expressão em inglês malicious software, ou programa de computador malicioso] que captura dados de sua conta ou outras informações pessoais”, enfatiza o coordenador do Laboratório de Operações Cibernéticos do Ministério da Justiça e Segurança Pública, Alesandro Barreto.

Sempre que for contratar algum serviço de transmissão de filmes, séries e programas de televisão, etc, procure sempre empresas compromissadas e que trabalham de maneira legal.

Gostou? Compartilhe:

Comente Abaixo