Polícia Civil detalha prisão de Guarda Municipal suspeito de planejar a morte de colega de farda em Carmópolis

Além do guarda, outras quatro pessoas foram presas na intitulada Operação Escariotes.


A Polícia Civil de Carmópolis detalhou na manhã de hoje, 20, a prisão de cinco pessoas suspeitas de planejar a morte de um Guarda Municipal. Entre os presos está um colega de trabalho da vítima, suspeito de fornecer informações acerca da rotina do guarda.

O planejamento do crime foi descoberto pela esposa da vítima, que escutou os envolvidos conversando em um beco ao lado de sua casa. Ela conseguiu entrar em contato com a Guarda Municipal e evitar que o crime ocorresse.

Após isso foi descoberto que Edelbrando Ferreira Santos, colega de trabalho da vítima estava envolvido no caso, junto com um grupo de traficantes de Carmópolis.

Eles cometeriam o crime porque o guarda estaria atrapalhando os interesses ilícitos dos infratores na região. Além de Edelbrando, outras quatro pessoas foram presas:

Foto: SSP/SE


Carla Maria José da Conceição;  Geilda Alves da Oração; José Cícero da Silva e Luzivaldo Santos Dantas. Todos tinham envolvimento com o tráfico de drogas no município. 
Felipe José da Silva (que mataria a vítima) está foragido.

O delegado Wanderson Bastos foi o responsável pelas investigações. A operação recebeu o nome de Escariotes justamente porque envolveu a traição de um companheiro de farda da vítima.

Foto: SSP/SE

Endereço da página:

https://itnet.com.br/noticia/38623/policia-civil-detalha-prisao-de-guarda-municipal-suspeito-de-planejar-a-morte-de-colega-de-farda-em-carmopolis

 

 

Imagens no texto:


Acessado em 22/07/2019 04:52:54

Copyright Itnet - O Portal do Dia a Dia. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicaçao, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do Itnet - O Portal do Dia a Dia.