Por que o Senador Alessandro Vieira não trouxe a lava jato para Sergipe?

Altamente atuante como crítico a corrupção Brasileira, ele esqueceu Sergipe.


Quando o Delegado Alessandro Vieira, hoje senador, ganhou a eleição, pensei , esse será um ano de muita reviravolta na política sergipana. Por que?

Vivemos em um estado altamente viciado na corrupção, onde os políticos utilizam verbas públicas para bancar campanhas por décadas. Assistimos campanhas milionárias de apadrinhamento, compra de favores e entrega de mantimentos para receber votos.

Para comprovar isso, não precisamos de nomes, apenas observamos os fatos. Um estado que é rico em minério, petróleo, bacias hidrográficas, independente energeticamente, além de ser pequeno, e de possuir um território 100% fértil. Isso mesmo, esse estado está quebrado. Mas como?

As prefeituras altamente mal administradas, com algumas pequenas exceções, o Estado com várias gestões desequilibradas, um judiciário que começa a ser questionado pela população, e um Legislativo arcaico e repetitivo, cheio de vícios, geram misérias para seus munícipes, e os cidadãos pagam a César o que é de César. Mas César não olha pelos seus filhos.

Tudo isso o Senador teria para defender seu povo, de dentro do seu Gabinete só chegou críticas ao modelo nacional, nenhuma ação que de fato explique como nos defender dos governos que aqui foram implantando por anos, e que levaram nosso estado ao nível de pobreza que hoje se encontra.

Senador, esqueça um pouco o Brasil, olhe pelo seu pequeno estado. Vamos fazer o dever de casa, esse sim, concretamente concluído, sem estrelismo e sem marketing, faremos desse estado um lugar melhor de viver do que a Holanda.

Ass: Jamyson Machado – Cidadão.


Endereço da página:

https://itnet.com.br/noticia/40212/por-que-o-senador-alessandro-vieira-nao-trouxe-a-lava-jato-para-sergipe

 


Acessado em 25/01/2021 17:03:57

Copyright Itnet - O Portal do Dia a Dia. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicaçao, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do Itnet - O Portal do Dia a Dia.