Delegado detalha a operação Fatal Likes, que resultou em três prisões de suspeitos de homicídio em Itabaiana

Crime ocorreu no mês de abril e a PC prendeu o suspeito de ser o mandante, o de executar e um terceiro envolvido.

A Secretaria de Segurança Pública de Sergipe (SSP/SE) divulgou um vídeo em que o delegado Tarcísio Tenório, do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) detalha a operação Fatal Likes, que resultou em três prisões de suspeitos de um homicídio em Itabaiana, no mês de abril.

Nesta quarta-feira, 03, a Polícia Civil, após quatro meses de investigações prendeu o suspeito de ser o mandante, o de executar a vítima e um terceiro envolvido no crime.

Carlos Eduardo Santos de Jesus, o “Carlinhos”, de 23 anos foi morto a tiros na farmácia que trabalhava, no povoado Mangueira, zona rural, no sábado de Aleluia. Nesta quarta, Gildemar Oliveira, conhecido como “Gildo do Remédio” foi preso, suspeito de mandar matar Carlinhos por conta de ciúmes envolvendo curtidas numa rede social da ex-esposa dele.

Também foram presos dois outros suspeitos: Carlos Wagner, conhecido como “Pistoleiro”, o suposto executor do homicídio e um terceiro envolvido no crime, Gilberto de Oliveira, caseiro da propriedade rural de Gildemar.

Confira os detalhes deste caso, com o delegado Tarcísio Tenório: